sábado, 19 de dezembro de 2009

Amigo

Lembro-me: “Amigo é coisa pra se guardar, debaixo de sete chaves”.
Lembro-me: “Amigo não empata amigo”.

A nuvem que existe e a incerteza das relações de amizade é tempestuosa. Você sabe exatamente quem são seus amigos. Você nunca sabe exatamente quem é seu amigo. Como conviver com isso?

Entendo que amizade não se alcança ou se conquista - Ela existe por si só...

A real amizade é rica, pois não precisa de um anel de compromisso e muito menos de rituais. Ela acontece e se sustenta puramente pelo respeito, tempo, tolerância, gratidão, liberdade, admiração e empatia.

Quem chega ao fim da vida, olha para trás, e acredita que teve ao menos um amigo correspondido - deve sentir algo muito terno, profundo e maravilhoso.

4 comentários:

Kenia Chan disse...

Existe uma cultura de que o amor romântico está ligado a leis.

O amor amizade não tem leis. Por isso é o mais verdadeiro e intenso.

Como seria um amor romântico com a essencia do amor amizade?

Um novo amor, não catalogado...

LISON disse...

SAUDAÇÕES!
AMIGO PEDRO,
EXCELENTE POST!

Gostei muito da sua mensagem...Uma ótima refelexão!
Valeu a pena conferir!
Parabéns pelo Post!
Paz e Luz!
Abraços fraternos,
LISON.

Rafael Castellar das Neves disse...

Amizade é algo para se levar ao túmulo...seu ou do amigo..rsrsr...mas é pra sempre...

Mas como dizia a "Nona", "amici sono apena quanto i dedi della mano!!"

Abraço!

Larissa disse...

Seus textos lembram as reflexões de Alberto Caeiro.