segunda-feira, 7 de junho de 2010

Por que Orégano?

Alguns me perguntaram: “Por que Orégano?”. Resolvi perguntar a mim - Por quê?

A existência do “Orégano” está soldada no interpessoal. Sempre gostei de refletir e escrever. Acredito que reflexão seja uma arte. Percebi que o comportamento moderno, apesar de bombardeado de conhecimento e tecnologia, é enfartado de isolamentos e incoerências. Pensei cá com meus botões, que nessas condições, seria egoísmo não se expor. Aí, então, surgiu a vontade/necessidade de postar sem obrigação.

Este é o maior propósito do “Orégano” – Compartilhar. Daqui até o fim dos tempos pretendo mantê-lo com o intento de expor idéias, diretas ou não, o mais autêntico possível. Que “Orégano” seja sinônimo de solidariedade.

Por que do nome “Orégano”? Quando criei, foi o primeiro e único nome que estacionou no cérebro sem qualquer explicação. Podemos divagar um pouco sobre o nome...

Lá se foram oito meses de blog. Agora vou inserir pensamentos que foram produzidos durante esse tempo, tentando captar a essência das postagens publicadas.

Existem os que criam e formam opinião, os que usam e os que pensam que usam.
A fase de aproximação é a mais interessante e intrigante. Lidar com as expectativas e acontecimentos quando existe paixão é fascinante, emocionante e torturante ao mesmo tempo.
A reflexão é a guia mestra para a obstinação, para o sucesso e para a evolução sólida.
A supressão de um sentimento resulta invariavelmente na dor profunda.
Reflexão é o melhor GPS para a evolução.
As pessoas misturam o mundo cambista, capitalista, fútil, torpe com a esfera dos relacionamentos que deveria ser preenchidos de sentimentos desprendidos da posse.
Tão importante é ter ao menos um alicerce bem definido para o bem viver.
Somos reflexos de atitudes, do tamanho de nossa contrição e gratidão.
Não existe limite para alguém que crê no bom propósito e valoriza a essência humana.
A evolução está diretamente proporcional ao tamanho de nossa insignificância.
Cativamos ou Cultivamos?
O amor! Para alguns é a grande magia da vida. Para outros significa somente ROMA ao contrário.
Uma decisão pode ser sensata, mas não necessariamente é ideal.
Antes de escolher o que se quer ganhar, refletir e escolher baseado no que se está disposto a perder.
Quando criamos estratégias forçadas, acabamos aproximando quem talvez não suportasse a espontaneidade.
As conseqüências de curto, médio e longo prazo foram, são e serão respostas do tamanho de nossos propósitos.
Você sabe exatamente quem são seus amigos. Você nunca sabe exatamente quem é seu amigo.
Acredito que o clímax de uma relação se dá pela independência incentivada.
A preguiça é o medo, a negligência e a inquietação que temos de nós mesmos.
Adiar uma simples tarefa pode ser tão destrutivo, quanto fazê-la errada.

3 comentários:

Pedra Rock Stone disse...

é orégano pq fica em cima da pizza!
se bem que sempre q eu uso a palavra orégano no meu blog, seja numa receita ou numa referência à cannabis, sempre sai um link pra cá.

Pedro Brandi disse...

Não sabia que fazia referência a ervas no seu site.

Kenia Chan disse...

Eu posso dar várias interpretações para "Oregano" e no final só aconteceria o de sempre. Ser vista como usuaria de psicotrópicos para sair da realidade.
Bem que eu não preciso de psicotropicos para estar louca e nem o Pedro. Por isso ele criou um blog chamado Oregano, sem sentido nenhum.
O Orégano chama-se Orégano, assim como podeia se chamar vassoura, se o Pedro estivesse acabeado de varrer o ap. ou poderia se chamar papel higienico se o Pedro tivesse...

Bem, para as ideias de um maluco, não precisa haver sentido, e o sentido está em não haver sentido.

Palavras são só palavras. E as palavras nos fazem escravas.